2004/10/29

Vox

Uma voz em mim...

(Pausa...)

Debruço-me sobre essa leitura de voz quente, adocicada e sussurrada que me dita o cérebro... noto que me agradam as pausas medidas, as respirações permitidas... Gosto de vozes assim... profundas...

(Ao contrário do proposto tenho que as separar, não consigo unir tantas sensações numa reflexão só... - mas eu faço-me, maioritariamente de sons que sobreponho às palavras e não o inverso)

Há sonoridades que me agridem e que afasto... outras onde me deleito, porque me agrada a musicalidade... o compasso ritmado...

Trabalho essas vozes, dou-lhes graves, agudos, puxo os tons baixo e dou o brilho final... esta sonoplastia seduz-me: a de mexer nas vozes e lhes dar outras cores...

... E, se entrar e voltar a sair desta montra, é poesia que recebo, mais do que a prosa que dou...

(Pausa...)

Em mim a voz...

16 Comments:

Blogger Ardente_Mente said...

em mim a (tua) voz...

29 outubro, 2004 15:15  
Blogger Ana de Sousa said...

a voz.

(...)
(silêncio)

29 outubro, 2004 16:27  
Blogger metafora said...

Ardente_Mente:

Em breve, sim... a (minha) voz... Ou talvez não...

29 outubro, 2004 19:46  
Blogger metafora said...

Ana Pereira:

A voz precede o silêncio... ou será o silêncio que precede a voz?... Vejo um grande silêncio com ruídos pelo meio, somente...

29 outubro, 2004 19:47  
Anonymous Anónimo said...

sem palavras!!!
nunca conseguirás compreender mesmo que descubras padrões, porque mesmo na inconstância constante me desfaço e refaço criativamente em cada espiral.
e.......... nunca compreenderás o que amo, sem veres os meus olhos.

29 outubro, 2004 20:00  
Blogger metafora said...

Anounymous:

Talvez não consiga perceber como amas sem ver os teus olhos... O que amas poderá ser a tua voz a dizê-lo, sem bem que, dessa forma, se despe a forma mágica da imagem...

Mas as imagens também se constróem pelos sons... sei-o...

É uma linha sinuosa, pura ou impura, consoante a perspectiva, como sempre...

29 outubro, 2004 20:32  
Blogger Noel Santa Rosa said...

Obrigada pela visita e pelo comentário no nosso blog.
Vou colocar o vosso nos favoritos e vou visitar com a calma que merece quem também ama e ouve Dinah Washington ou Sara Vauhgan.

29 outubro, 2004 23:00  
Blogger rfarinha said...

E que mais somos nós senão um conjunto de sons... conjugando a melodia da vida... ;) bjs

30 outubro, 2004 13:07  
Blogger mylostwords said...

Bonito.

volto.

(vim intrometer-me...)

*

30 outubro, 2004 14:07  
Blogger personna said...

.. []

31 outubro, 2004 14:13  
Blogger metafora said...

LC:

Foi um prazer descobrir-vos. Gostei da mordacidade nessas “farpas” modernas!

01 novembro, 2004 19:03  
Blogger metafora said...

Ridufa:

É uma leitura provável, sim... Resta saber quem é o responsável pelo compasso...

01 novembro, 2004 19:04  
Blogger metafora said...

Mylostwords:

... Uma intromissão agradável, por certo.

01 novembro, 2004 19:04  
Blogger metafora said...

Personna:

E o que é que cabe dentro da rectidão?

01 novembro, 2004 19:05  
Blogger Maria Branco said...

Gosto de vozes pausadas, profundas... Vozes que me prendem a cada palavra! Adivinho-te uma voz assim.. Beijos

02 novembro, 2004 15:44  
Blogger metafora said...

Maria Branco:

Também gosto do sabor dessas vozes... acalmam...

03 novembro, 2004 23:04  

Enviar um comentário

<< Home